Buscar
  • SHARE | Epic Content

Pandemia na África: saiba como a AJUDEMU salva vidas em Moçambique

Atualizado: 28 de Mai de 2020


O distrito de Murrupula, localizado na província de Nampula, em Moçambique, é uma região abaixo da linha da pobreza. Os moradores envoltos em suas próprias dificuldades financeiras não possuem condições de oferecer apoio uns aos outros na luta contra a pandemia na África.

E, diante deste contexto, o trabalho desenvolvido pela Associação Juvenil para o Desenvolvimento de Murrupula (AJUDEMU) se mostra cada vez mais necessário. Pensando nisso, você já se perguntou como funciona o combate ao coronavírus no continente africano?

Neste artigo, vamos mostrar um panorama da COVID -19 na África e as ações promovidas pela AJUDEMU. Continue a leitura e saiba como ajudar!

Entenda as principais dificuldades da pandemia na África

Enquanto a população global enfrenta o novo coronavírus, a ausência de um sistema de saúde bem estruturado dificulta o combate ao vírus no continente africano e, especificamente, na província de Nampula, distrito de Murrupula, onde fica localizada a AJUDEMU.

As precariedades do transporte e da infraestrutura local complicam ainda mais o acesso da população aos serviços de atendimento. A economia, baseada na agricultura e nos trabalhos informais, também contribui para um cenário preocupante, já que o isolamento social significa falta de trabalho e de dinheiro para comprar alimentos.

Aspecto cultural

No aspecto cultural, a população local é fortemente influenciada pela feitiçaria e magia que permeiam as relações sociais (muitas vezes, as opções para resolver questões de saúde são os curandeiros) e a produção agrícola de um distrito onde os moradores têm, em média, duas refeições por dia.

Coronavírus em Moçambique

Além de todos os aspectos citados, o combate ao coronavírus em Moçambique enfrenta outros problemas. Entre os principais está a falta de acesso à água potável (não existe abastecimento nas casas), o que contribui para a escassez de limpeza e higiene e o saneamento básico com o esgoto despejado a céu aberto.

Diante deste cenário, o trabalho desenvolvido pela AJUDEMU é fundamental. Criada em 2007, a Associação Juvenil para o Desenvolvimento de Murrupula é uma organização comunitária não governamental que atua em iniciativas de combate à pobreza e à falta de desenvolvimento que afeta os jovens da região.

Veja o trabalho da AJUDEMU

Antes da pandemia, a Associação oferecia atividades voltadas para o desenvolvimento comunitário nas áreas cultural, educacional, da saúde e outras. Entre os programas sociais promovidos pela AJUDEMU é possível citar como exemplos:

  • Biblioteca Comunitária;

  • Programa de Biblioteca Móvel (Projecto Ossuwela);

  • Projecto "Centro Educacional Gastronômico de Murrupula";

  • Projecto "Rapariga vida e futuro";

  • Projecto " Sustentabilidade de água e Saneamento";

  • Projecto Instituto Amirassy: fornece cursos profissionalizantes de curta duração de informática na ótica do utilizador, electricidade de instalação doméstica, Corte e Costura.

Após a pandemia, com a recomendação da Organização Mundial da Saúde sobre o isolamento social, a AJUDEMU deseja desenvolver cuidados de prevenção contra o contágio do vírus. Mas para que isso seja possível, depende da captação de recursos doados por meio de financiamento coletivo. Veja quais são as ações pretendidas:

  • criação de barreiras sanitárias contra a COVID-19;

  • fornecimento de mantimentos para que a população consiga fazer o isolamento social sem precisar sair para trabalhar;

  • doação de carvão, óleo e fósforo para a preparação de alimentos em casa;

  • distribuição de álcool 70% e álcool em gel;

  • disponibilização de termômetros para medição de temperatura;

  • produção de máscaras de pano que são doadas à população;

  • distribuição e colagem de cartazes informativos sobre a COVID-19;

  • ajuda de custo para as famílias e voluntários do projeto;

  • lives de incentivo para a população tomar medidas de precaução;

  • uso de máquinas de pulverização com cloro para desinfecção.

Atividade de higienização

Em uma das ações promovidas, a AJUDEMU montou tambores de água e disponibilizou detergente e sabão para a higienização de vendedores do mercado da Cavalaria, localizado na cidade de Nampula.

Outro ponto que merece ser citado é o objetivo de produzir e distribuir cerca de duas mil máscaras de proteção para as comunidades de Murrupula que sofrem com a pandemia na África.

Essas iniciativas voltadas para a higiene e o saneamento são essenciais no combate ao vírus, evitando não apenas o contágio individual, mas a propagação da doença.

Fome no mundo

É fundamental evitar que o número de pessoas que passam fome no mundo aumente como já projetam as maiores empresas alimentícias do setor. Atualmente, esse triste dado reúne mais de 800 milhões de necessitados que estão, principalmente, em regiões da África subsariana.

Diante das previsões com a pandemia, aumentam também as chances de dobrar o nanismo infantil e os quadros de desnutrição por conta de uma possível interrupção de fornecimento dos alimentos e a dificuldade da manutenção de empregos.

Agora você conhece as preocupações sobre a pandemia na África e o que é preciso fazer para evitar o contágio em grande escala. Mas, para que essa meta seja alcançada, a AJUDEMU depende da sua doação. Com a sua ajuda, a Associação pretende estender as doações de cestas básicas, produtos de higiene e ajuda de custo aos mais necessitados.

Quer fazer sua parte? Então participe do financiamento coletivo da AJUDEMU e contribua para o desenvolvimento da região no combate ao coronavírus.


Este conteúdo foi doado por SHARE | EPIC CONTENT

Redator: Marcella Jeane Duarte

Planejamento de pauta e revisão: Epic Content

155 visualizações0 comentário